Em Junho de 2016 eu publiquei no meu canal no Youtube um vídeo intitulado “Se For Para Te Odiarem”. Nele eu falo do meu avô e do quanto a gente perde por jogar na defesa. Sabe, se importar com o ódio e a inveja e a opinião dos que não conhecem sua jornada. Esses dias encontrei o texto que deu origem àquele vídeo. Apresento ele aqui atualizado e sem comentário adicional.

Mediocridade não te salva da Inveja

Não importa o quanto você queira ficar tranquilo e não ir muito longe, SEMPRE vai ter alguém pra te invejar e querer viver sua vida. Um monte de gente acha que eu tenho vida fácil fácil porque vou muito em festa, morei na Europa e tô sempre sorrindo. Mas ninguém me viu fotografando evento no Rio e assistente de cozinha 12 hrs por dia em Berlin no começo da empresa. Ninguém me viu fazendo conta e chorando porque não sabia como sustentar meu filho. Não tenho talento pra me fazer de vítima. Depois da tatuagem feita, da dor sentida, é fácil achar bonita.

E é POR ISSO que eu tô sempre sorrindo.

Porque se eu tô hoje fazendo o que eu amo, vivendo disso, e até posso me dar ao luxo de ter haters profissionais, é porque eu fui além do que minha dor dizia que eu podia. É porque eu desobedeci.

O Dragão na Montanha

Meu avô faleceu numa manhã de sábado na primeira vez que fui por conta própria para BH dar treinamento. Não tiveram coragem de me ligar até de noite. foi uma das noites mais difíceis da minha vida, ter que dar coaching, treinar, animar, botar o aluno pra agir, anestesiar minha cabeça…

Até que eu lembrei dele falando. “Se for para te odiarem, que seja por um bom motivo.”

E graças ao que fizemos naquele Fim de Semana, dei treinamentos em Belo Horizonte 7 vezes nos últimos 3 anos.

Faz barulho, bro. Grita aos quatro ventos e a todas as redes sociais suas felicidades, seus sucessos, suas conquistas. Grita seus medos também, suas frustrações às vezes, que de repente alguém que você nem esperava pode te estender à mão.

Mas não se prega a um medo de incomodar. Você VAI incomodar alguém, só por existir.

Mas se for pra provocar inveja, faça com gosto, com vigor e principalmente FAÇA. MUITO. BARULHO.

Porque ninguém além de você sabe o caminho que foi pra chegar onde você está.