Imagine você, um cara normal indo para o trabalho. Chegando lá tudo ocorre normalmente, você faz seu serviço e vai almoçar. Até que na sua mesa senta um funcionário que diz coisas inadequadas e fora de hora. Um que fala mal de todo mundo.

De repente este mesmo funcionário te diz que sabe de algo sobre a sua situação na empresa e que precisa te contar. Surpreso, você logo fica atento e ansioso para ouvir o que, afinal, estaria acontecendo. Ele lhe revela que um outro tal funcionário não vai com a sua cara e está tentando te difamar perante os colegas.

Seu dia de trabalho acabou. Sua produtividade, que estava ótima até então, fica comprometida pelo resto do turno. Aquele pequeno acontecimento toma conta dos seus pensamentos, fazendo com que você não consiga se concentrar em mais nada além daquilo.

O Receptor Neutro

Pode ser que você nunca tenha passado por uma situação como esta, mas existem muitas formas de cairmos nas armadilhas de pessoas deste tipo, que sentem prazer em viver especulando sobre o primeiro que encontrarem pela frente, disseminando falácias por onde quer que estejam.

Uma delas é quando nós mesmos fazemos isso de forma involuntária. Ao entrarmos em contato com essa prática durante muito tempo, corremos o risco de nos contaminar. Se simplesmente nos passam uma fofoca e deixamos aquilo nos envolver, nos rendemos. Tiramos nosso foco das atividades realmente importantes. Gastando tempo precioso flutuando em torno de ideias muitas vezes nem, ao menos, verdadeiras.

Nas piores hipóteses, quando somos mais afetados, passamos essas ideias pejorativas adiante, trazendo também as pessoas ao nosso redor para dentro dessa distração maldosa.

Se Alguém Pra Você, Fala Mal de Você Pra Alguém

Vamos entender o sujeito que originou o vídeo no qual este artigo é baseado. Pode ser por não ter objetivos na vida ou por querer excessivamente ser aceito num grupo. Pode ser também inveja do sucesso e crescimento alheios. As vezes essa pessoa só está tão desesperada para pertencer a algum lugar que ela se utiliza deste recurso mesquinho para tentar conseguir algum valor naquele meio. Mas no pior cenário, esse indivíduo é só um grande egoísta que deseja ter o mundo girando ao seu redor.

Como Encarar

Cabe a você não gravitar em torno desses sujeitos, não se deixando sugar por eles. Deixe que falem, não responda, não se preocupe. Se você deixá-los onde estão, sem os dar força por nem enxergá-los, eles não irão afetar o seu valor. Porque você vai estar muito ocupado fazendo a diferença na sua vida e na vida das pessoas que escolham estar contigo. E diante disso, não importa o que vão espalhar a seu respeito. Suas AÇÕES irão provar o contrário.